Runnersp
Login:
Senha:
  |  

Rússia suspende duas medalhistas olímpicas por doping

A Agência Russa Antidoping (Rusada) anunciou nesta sexta-feira a suspensão de duas medalhistas olímpicas. Yuliya Zaripova - ouro nos 3000 m com obstáculos em Londres 2012 - e Tatiana Chernova - bronze em Pequim 2008 e Londres 2012 no heptatlo - acabaram punidas pela entidade.

Zaripova recebeu uma punição maior, recebendo gancho de dois anos e seis meses, enquanto Chernova teve uma suspensão de dois anos. No entanto, a medida é retroativa a julho de 2013, o que significa que elas estarão aptas a competir nos Jogos Olímpicos de 2016.

Zaripova não compete desde julho de 2013. Na época, a atleta afirmou que não iria participar do Mundial de Moscou porque estava com uma lesão na perna. Após esse acontecimento, deu uma pausa na carreira para ser mãe. Segundo a Rusada, o passaporte biológico da medalhista apresentou resultados anômalos.

A Rusada explanou que Zaripova perdeu os resultados obtidos entre os dias 20 de junho e 20 de agosto de 2011, e de 3 de julho a 3 de setembro de 2012. Com isso, a russa se mantém como campeã mundial de 2011, já que a competição foi iniciada em 27 de agosto.

No entanto, Zaripova deverá ter sua medalha de ouro conquistada em Londres 2012 caçada, já que a prova olímpica foi realizada em agosto de 2012. Com isso, a vitória dos 3000 m com obstáculos deve ficar com a tunisiana Habiba Al-Ghribi-Boudra, enquanto a etíope Sofia Assefa e a queniana Milcah Chemos Cheywa completariam o pódio.

Já Chernova foi suspensa pelo exame realizado no Mundial de 2009, em Berlim, na Alemanha, onde testou positivo para um anabolizante não revelado. A russa perdeu seus resultados entre os dias 15 de agosto de 2009 e 14 de agosto de 2011, e com isso, mantém suas medalhas de bronze nos Jogos Olímpicos.

Na última semana, a Rusada já havia comunicado a suspensão de cinco marchistas russos, sendo três deles campeões olímpicos.

Produção e Organização de Eventos Esportivos - Consulte-nos