Runnersp
Login:
Senha:
  |  

Recordes do Circuito CAIXA caem no Estádio do Pacaembu.


Recordes do Circuito CAIXA caem no Estádio do Pacaembu.


Uma disputa acirrada com direito a reviravoltas nos metros finais, marcou o final da etapa de São Paulo do Circuito de Corridas da CAIXA dentro do Estádio do Pacaembu, neste domingo (2/10). A 200 metros da linha de chegada, Paulo Roberto de Almeida Paula deu uma arrancada para superar o queniano Hillary Kipgetich Kibet, ficar com a vitória e o recorde dos 10 km, com o tempo de 29min11. Na prova feminina, a vitória ficou com a queniana Jackyne Chemwek, que também estabeleceu novo recorde no Circuito, com 33min52. Adriana Aparecida da Silva, melhor brasileira na etapa paulistana, cruzou a linha de chegada com apenas oito segundos de vantagem, depois de ultrapassar Sueli Pereira no final da corrida.

O clima suave no início da manhã deixou o queniano Hillary Kibet à vontade para dominar boa parte da prova, que teve largada às 8 horas, dentro do Estádio do Pacaembu. Hillary, que veio de Eldoret para o Brasil há duas semanas, já havia vencido a etapa de Curitiba (25/9) e imprimiu ritmo forte à disputa desde o início. Mas Paulo Roberto de Almeida Paula, que vinha acompanhando o pelotão principal durante toda a prova, deu um sprint nos metros finais e conseguiu ultrapassar o fundista africano.

"Como estava com uma passada boa, sem desgaste, arranquei e consegui sair do bolo (o pelotão principal chegou junto à entrada do Pacaembu, acompanhado por competidores dos 5 km). Vim preparado para fazer um bom tempo e pontuar, porque a prova de São Paulo e a de Brasília, em novembro, são importantes para a classificação no ranking brasileiro", disse Paulo. "E conheço bem o percurso aqui na capital, fui o segundo na Meia Maratona de São Paulo, gosto de correr aqui. Mas o queniano é bom, viu? Não é fácil brigar com ele."

Com 29min11, Paulo superou o recorde de Giomar Pereira, 29min33, de 2008. O fundista vai disputar a Maratona de Amsterdã no dia 17, visando ao índice para a Olimpíada de Londres/2012. "Vou dar tudo de mim para correr em 2h09. Não quero ir dormir pensando que deixei escapar o índice por fazer 2h10, 2h11." Com a vitória, Paulo subiu duas posições - de oitavo para sexto, com 112 pontos - no ranking brasileiro de corredores de rua.

Já Hillary gostou da estreia em provas em São Paulo. "Foi uma prova muito boa, sem nenhum problema. Não senti cansaço. No final, o ritmo ficou mais lento, com muitos fundistas da elite e amadores dos 5 km juntos, e não consegui ultrapassar", contou o queniano, de 26 anos, que ficará no Brasil por três meses.

Gilmar Silvestre Lopes também ficou satisfeito com o desempenho na prova e o terceiro lugar, diminuindo de 9 para 5 pontos a distância entre ele e o líder do ranking brasileiro, Giomar Pereira (Gilmar agora tem 218 pontos, diante de 223 de Giomar, quinto colocado em São Paulo). "O percurso tinha muitas subidas e descidas, mas eu vinha bem até o quilômetro 8, quando o queniano e o Paulo Roberto se distanciaram. Foi uma prova muito boa, bem disputada, e consegui fazer um bom tempo. Agora é seguir firme na briga pela liderança. Ainda tem a etapa de Ribeirão Preto", disse o fundista da Equipe Pé de Vento, o mais jovem no 'top five' brasileiro da meia maratona - é o quarto, logo atrás de Paulo Roberto de Almeida Paula.

Adriana faz bom apronto para o Pan-Americano

A queniana Jackyne Chemwek, de Eldoret, a cidade dos fundistas, que chegou há duas semanas ao Brasil para integrar a equipe da Luasa - grupo do ex-maratonista Luiz Antônio dos Santos, que treina em Taubaté (SP) - venceu a prova feminina com recorde para a etapa de São Paulo (33min52, para os 10 km). Sueli Pereira Silva (Gran Crusos/Eja), que ficou em terceiro, contou que a queniana passou a dominar a prova a partir do sétimo quilômetro. "Eu vinha junto, eu e ela. Ela abriu faltando 3 km para o fim e eu vim perto. A Adriana pegou a gente no nono quilômetro", contou Sueli, logo após a chegada, no Estádio do Pacaembu.

Com a ajuda da queniana Ednah Mukhwana, quarta colocada, que está há mais tempo no Brasil, Jackyne disse que gostou de tudo, "do percurso, do clima ameno de São Paulo na manhã de domingo e, claro, de ter vencido" sua primeira corrida no Brasil. "Faz duas semanas que estou aqui, treinando em Taubaté, e tenho gostado. "Foi uma corrida competitiva", completou.

"Decidimos mesmo a colocação no último quilômetro. Eu não estava bem até o quinto, mas fiz uma prova de recuperação. Fiquei contente com o meu resultado, pelo nível da prova de São Paulo do Circuito CAIXA, por ter melhorado minha marca, por ter encerrado bem a minha preparação para o Pan-Americano de Guadalajara", disse Adriana Aparecida da Silva, segunda colocada, a melhor brasileira, que completou os 10 km em 34 minutos cravados - também correu abaixo do recorde, que pertencia a Maria Zeferina Baldaia desde 2008 (33min22).

Adriana segue para o México no dia 8 - a maratona feminina abre o atletismo no Pan-Americano. A atleta, do Pinheiros, disse que se preparou na altitude de Paipa, na Colômbia, onde ficou 34 dias. O técnico Cláudio Castilho observou que a brasileira terá adversárias fortes no Pan entre as corredores mexicanas e americanas e ainda atletas da Colômbia, Equador e Peru. O melhor tempo de Adriana na maratona é 2h32min (Berlim/2009) e este ano correu 2h33min em Viena, em abril.

A colocação de Adriana e Sueli, as duas melhores do Brasil na etapa de São Paulo, não ameaça Conceição de Maria Carvalho Oliveira, que segue líder do ranking brasileiro de corredores de rua, com grande vantagem e 336 pontos. Marluce Borges, com 220 pontos aparece na segunda posição. Sueli, agora a terceira da classificação, soma 202. Conceição cruzou em 9º na etapa de São Paulo, mas segue na frente em busca do tricampeonato no Circuito CAIXA - venceu em 2005 e 2008. "Apesar da vantagem, nunca me sinto confortável porque já teve ano em que as que estavam atrás encostaram na líder", disse Conceição, que corre as provas do circuito desde 2006.

Mais importante competição de corridas de rua do País, o Circuito CAIXA tem a chancela da CBAt. Oito das 11 etapas, disputadas em nove Estados do Brasil, já foram realizadas - as próximas cidades a receber a disputa, depois de São Paulo, serão Ribeirão Preto (16/10), Porto Alegre (30/10) e Brasília (6/11). O Circuito tem grande importância para os atletas de elite porque todas as 11 corridas valem pontos para o ranking brasileiro de provas de rua. Os dez primeiros colocados no ranking garantem o patrocínio da CAIXA em 2012.

Resultados da etapa de São Paulo
Masculino
1 - Paulo Roberto dfe Almeida Paula (Cruzeiro) - 29min11
2 - Hillary Kipgetich Kibet (Quênia/Luasa Sports) - 29min19
3 - Gilmar Silvestre Lopes (Pé de Vento/Henrique Viana) - 29min42
4 - Kiprono Kimosop (Quênia/Luasa Sports) - 29min53
5 - Giomar Pereira da Silva (Cruzeiro/CAIXA) - 30min02
6 - Gladson Barbosa (Pinheiros) - 30min04
7 - Paulo Alves dos Santos - 30min06
8 - Rosivaldo Moreira da Silva (Só Óleo/Bruno Atleta) - 30min16
9 - Reginaldo Oliveira Campos Jr. (BM&FBOVESPA/Pão de Açúcar) - 30min18
10 - Sérgio Celestino da Silva (Pinheiros/Asics/CAIXA) - 30min35

Feminino
1- Jackyne Chemwek (Quênia/Luasa Sports) - 33min52
2 - Adriana Aparecida da Silva (Pinheiros/CAIXA) - 33min59
3 - Sueli Pereira Silva (Gran Cursos/Eja-Jataí) - 34min05
4 - Ednah Mukhwana (Quênia/Luasa Sports) - 34min32
5 - Maria Lúcia do Nascimneto (Matilat/Nardini/CAIXA) - 34min38
6 - Edielza Alves dos Santos Guimarães (Pinda/Olympikus/CAIXA) - 35min17
7 - Vanda Carneiro Chagas (Gran Cursos/Agel) - 35min25
8 - Joziane da Silva Cardoso (Bioleve/ FME-Concórdia) - 35min51
9 - Conceição de Maria Carvalho Oliveira (Findyourself/CAIXA) - 35min58
10 - Maria Zeferina Baldaia (Pacer/Sertãozinho) - 34min42

O Circuito CAIXA é uma realização da HT Sports, com patrocínio da CAIXA Econômica Federal. A Centauro é a loja oficial do Circuito, que tem apoio da Marathon, isotônico oficial, e da Polenghi. No Paraná, conta ainda com o apoio da Unimed Curitiba, da Polenghi e da Prefeitura de Curitiba, além da supervisão técnica da CBAt e da Federação de Atletismo do Paraná.

Mais informações em www.circuitocaixa.com.br / http://twitter.com/circuitocaixa

Fonte: LOCAL

Produção e Organização de Eventos Esportivos - Consulte-nos