Runnersp
Login:
Senha:
  |  

Melhor brasileira sofre correndo sozinha, mas tem cansaço prazeroso

Melhor brasileira sofre correndo sozinha, mas tem cansaço prazeroso


Joziane da Silva Cardoso terminou a São Silvestre ainda sem conseguir explicar como encontrou forças para ser a melhor brasileira da prova. Em oitavo lugar, a corredora relatou sofrimento por não formar grupos como as africanas e suportar a subida da Avenida Brigadeiro Luís Antônio, mas terminou a competição vibrando.

"Estou cansada, mas faz parte. É um cansaço bom, prazeroso", disse Joziane à Gazeta Esportiva. "Você larga forte, continua forte e chega cansada. Nessa subida aqui, nossa... As pernas sentem câimbra, você precisa ficar forte, buscar ânimo, tirar forças do fundo mesmo, do céu, de onde puder trazer essa energia. Esse finalzinho aqui é terrível."

A brasileira terminou a prova em 53 minutos e 18 segundos, exatos 18 segundos à frente da compatriota Sueli Pereira da Silva. Joziane esperava ter mais representantes do País ao seu lado para fazer frente às africanas, que dominaram o pódio da São Silvestre.

"É muito complicado porque corri sozinha quase o tempo todo. Passei a segurar o ritmo sozinha já no início, no km 6 ou 7. Fica mais difícil. Elas correm em grupo, se ajudam, então é mais fácil. Mas consegui correr bem, ditar o meu ritmo. Eu estava preparada", indicou."Gostei do nível forte porque obriga a melhor o tempo. Corri bem, gostei da minha prova. Está dentro do tempo que eu esperava. Está bem quente, mas fiz um tempo bacana", prosseguiu Joziane, satisfeita com a temporada.

"Esse ano foi muito bom para mim. Ganhei a Pampulha e a Meia de São Paulo, fiquei em quarto na Meia do Rio. Vim para correr bem e, graças a Deus, deu certo. Estou bem feliz. Terminei o ano maravilhosamente ótimo", sorriu a melhor brasileira da 90ª edição da São Silvestre.

Veja os resultados da 90ª edição da São Silvestre:

Masculino
1: Dawit Admasu (Etiópia) - 45min04s
2: Stanley Koech (Quênia) - 45min05s
3: Fabiano Naasi (Tanzânia) - 45min10s
4: Mark Korir (Quênia) - 45min19s
5: Giovani dos Santos (Brasil) - 45min22s
6: Cybrian Kimurgor Kotut (Quênia) - 45min27s
7: Damião Ancelmo de Souza (Brasil) - 46min10s
8: Joseph Tiophil Panga (Tanzânia) - 46min27s
9: Tariku Bekele (Etiópia) - 46min30s
10: Ederson Vilela Pereira (Brasil) - 46min37s


publicidade



Feminino

1: Ymer Wude Ayalew (Etiópia) - 50min43s
2: Netsanet Gudeta Kebede (Etiópia) - 50min46s
3: Priscah Jeptoo (Quênia) - 51min29s
4: Feyse Tadese Boru (Etiópia) - 52min31s
5: Delvine Relin Meringor (Quênia) - 52min34s
6: Nancy Jepkosgei Kipron (Quênia) - 52min50s
7: Failuna Abdi Matanga (Tanzânia) - 53min15s
8: Joziane da Silva Cardoso (Brasil) - 53min18s
9: Sueli Pereira da Silva (Brasil) - 53min36s
10: Layesh Tsige Abebaw (Etiópia) - 54min07s
 
Produção e Organização de Eventos Esportivos - Consulte-nos