Runnersp
Login:
Senha:
  |  

Fabiana Murer segue para treino em Portugal.

Fabiana Murer segue para treino em Portugal .

Campeã mundial do salto com vara terá a companhia de seus colegas do Clube de Atletismo BM&FBOVESPA Fábio Gomes da Silva, Thiago Braz e Karla Rosa.

Fabiana Murer, campeã mundial do salto com vara, que tem na disputa de medalha na Olimpíada de Londres o foco principal da temporada, dará continuidade à sua preparação em Portugal, no Complexo Esportivo do Jamor, em Oeiras. Fabiana, que não teve folga nem nas semanas de festas de fim de ano, segue para a Europa, nesta terça-feira (10/01), com os companheiros do Clube de Atletismo BM&FBOVESPA Karla Rosa da Silva, Fábio Gomes da Silva e Thiago Braz e o técnico Elson Miranda. O grupo se encontrará com o treinador ucraniano Vitaly Petrov, consultor do salto com vara da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), em Oeiras.

Os saltadores permanecem em Portugal até o dia 20 de fevereiro. Na volta ao Brasil, Fabiana dará seguimento aos treinos e a estreia em competições será apenas em maio, provavelmente no Grand Prix do Rio.

"Esta é uma época em que sempre treinávamos no Brasil ou disputávamos a temporada indoor. Será uma oportunidade de ficar mais perto do Vitaly. Sabemos que sempre temos coisas a acrescentar no salto. Meus objetivos na temporada são alcançar os 5 metros e a disputa de medalha olímpica", disse Fabiana, que não conhece Jamor. "Nunca estive lá, mas vimos fotos, tivemos referências, parece bem bom. E não vai estar muito frio. Posso seguir treinando no ginásio indoor, mas também usar a pista ao ar livre para as corridas", observou Fabiana. A melhor marca de Fabiana é 4,85 m, recorde sul-americano - com essa marca, conquistou um ouro inédito para o atletismo brasileiro no Mundial de Daegu/2011.

A saltadora aprova a ideia de viajar com os companheiros de Clube. "No ano passado, estive com esse mesmo grupo em Fórmia, na Itália. Fica mais fácil enfrentar os treinos pesados. Um motiva o outro, um puxa o outro. O grupo de treinamento também terá dois atletas italianos e dois ucranianos." Fabiana e Fábio, com vaga garantida na seleção brasileira, integram o programa de preparação de atletas olímpicos da CBAt, assim como Thiago Braz, que se prepara para o Mundial Juvenil de Atletismo de Barcelona, de 10 a 17 de julho. Karla Rosa, que ainda luta para obter o índice olímpico, tem apoio do Clube de Atletismo BM&FBOVESPA para esta etapa da preparação em Portugal.

Hora de apurar a técnica

O técnico Elson Miranda explica que em Portugal, como nenhum dos atletas vai competir na temporada indoor, será hora de "apurar a técnica". "Todos saíram de uma preparação de base boa. Agora, é seguir desenvolvendo o físico, mas já visar à técnica, ainda com um número menor de passadas na corrida do que nas competições, mas com o objetivo na apuração da técnica mesmo", disse Elson. O treinador observou ainda que Thiago, que não disputou o Pan-Americano de Guadalajara, está mais adiantado. "O Thiago, que vai mudar a corrida de 16 para 18 passadas para ir mais alto, já estará treinando com 14 em Portugal, em função do Mundial Juvenil. Continuando a crescer, ele terá bons resultados no ano e pode buscar a medalha no Mundial", acrescentou o técnico.

Thiago Braz, de 18 anos, medalha de prata nos Jogos Olímpicos da Juventude, vai para uma clínica na Europa pela primeira vez nesta época do ano. "Minha expectativa é melhorar minha técnica de salto, com foco no Mundial. Acho que vou competir logo que eu voltar e meu primeiro objetivo pessoal, na temporada, é melhorar o meu recorde (de 5,31 m, feito em 16/7/2011)", disse Thiago.

"O Fábio e a Fabiana estão visando à Olimpíada. Vão treinar para isso e começam a competir em maio. A Karla tem oportunidade de obter o índice, de estar na seleção, ser uma atleta olímpica e, depois, buscar maturidade nos resultados. Tem de pensar nos 4,52 m, que é índice", acrescentou Elson. O técnico acha que Fabiana está cada vez mais perto dos 5 metros e que Fábio precisa manter-se constante nos 5,80 m para tentar saltar 5,90 m e ir para a zona de medalha na Olimpíada.

"O lugar é diferente, mas se tornou uma rotina para nós essa preparação fora de casa. Mesmo sem treinar com a marca toda, é buscar uma sintonia fina na técnica e, depois, começar o ano bem, saltando 5,70 m", observou Fábio.

O Clube de Atletismo BM&FBOVESPA integra o Instituto BM&FBOVESPA e tem parceria com a Nike, o Pão de Açúcar e a Prefeitura de São Caetano.

Mais informações: www.clubedeatletismo.com.br e
www.clubedeatletismo.org.br

Fonte: www.clubedeatletismo.com.br
Produção e Organização de Eventos Esportivos - Consulte-nos