Runnersp
Login:
Senha:
  |  

Elite da São Silvestre foca Jogos Olímpicos de Londres/2012

<span -="" -convocado="" 10.000="" 15="" 17h30.="" 20="" 2012="" 25="" a="" africanos="" alt="\" \""="" alto="" ao="" atletas="" atual="" bado="" bastante="" chegam="" cil="" coletiva="" com="" como="" complicado="" comum="" confiantes="" confirmar="" confirmou="" corrida="" da="" de="" deles="" deles.="" desse="" desta="" destacaram="" deste="" dificuldade="" do="" dos="" e="" elite="" elogio="" em="" esquecer="" esses="" estou="" explica="" favoritos="" favoritos.="" faz="" feminina="" float:="" foca="" focado="" fortes="" gomes="" grandes="" height:="" hotel="" img="" importante="" impressionantes="" iniciar="" inscritos="" intenso="" international="" jogos="" larga="" lel="" lembra="" lia="" londres="" lson="" m="" mais="" maratona="" maratona.="" marcas="" marrocos="" martin="" mas="" masculina="" metros="" mil="" minutos="" mostraram="" mpica="" mpica.="" mpicos="" muito="" na="" ncia="" ncias="" ne="" nesta="" no="" nos="" o="" objetivo="" odo="" os="" para="" parte="" participaram="" paulo="" paulo.="" percurso.="" pidos.="" podemos="" por="" prime="" processo.="" pronto="" prontos="" prova="" que="" queniano="" quenianos="" quinta-feira="" retribuiu="" rica="" rio="" s="" se="" sei="" silvestre="" src="%5C" media="" images="" elitemi(1).jpg\""="" style="\" margin:"="" sua="" superar="" tem="" temporada:="" ter="" todos="" tradicional="" tulo="" um="" uma="" vaga="" vel.="" vencedor="" vencer="" venceu="" vezes="" width:="" xima="">Outros africanos com chance de representar seus países em Londres estarão no pelotão de elite neste sábado. O queniano Mathew Kisorio, por exemplo, já correu a meia maratona em 58min46s. "Sou um atleta rápido e priorizo provas mais curtas. Nos primeiros 10 quilômetros vou aumentar o ritmo e buscar a vitória no trecho final", relata.<br> <br> Quem também tem credencial para derrotar o brasileiro Marílson Gomes dos Santos é Duncan Kibet. O queniano cravou 2h04min32s na Maratona de Roterdã, na Holanda, em 2009. Nos 15 quilômetros de Lisboa em 2010, o atleta fez 42min04s, o que seria o recorde da São Silvestre.<br> <br> Atenções estarão voltadas também para Barnabas Kiplagat Kosgei, queniano que dominou a Volta da Pampulha de 2011 correndo os 17,8 quilômetros em 53min09s, além de ter sido vice-campeão da São Silvestre em 2010. Outros dois atletas também têm chances de vitória : o queniano Mark Korir, atual campeão e recordista da Meia do Rio, com 1h01min33s, o e etíope Tariko Bekele, irmão mais novo de Kenenisa Bekle, que foi campeão mundial indoor nos 3.000 m, em 2008.<br> <br> No feminino, Adriana Aparecida da Silva, medalha de ouro na maratona do Pan, está focada na obtenção da vaga olímpica na distância. "É a última prova desse ano dourado. Sei que as atenções aumentaram com a conquista no México, mas isso não muda nada na preparação. Espero ter o apoio dos torcedores durante o trajeto e ajudar o Brasil a quebrar a escrita", relata a atleta. A última vitória do País na elite feminina foi em 2006 com Lucélia Peres.<br> <br> A marroquina Samira Raif, atual campeã e recordista da Maratona de São Paulo com a marca de 2h36min01s, se diz com sorte no Brasil. Treinando para Londres/2012, a atleta quer cruzar a linha de chegada em primeiro mais uma vez. "Gosto do clima do Brasil e da força que os torcedores nas ruas passam. A São Silvestre é um dos caminhos para se chegar na maratona olímpica", exalta a marroquina.<br> <br> Também são destaques no feminino as quenianas Eunice Kirwa, tricampeã da Meia Maratona do Rio (2009, 2010 e 2011), Prisca Jeptoo, medalha de prata na maratona do Mundial de Daegu, em agosto, e Nancy Kiprop, tricampeã da Volta da Pampulha (2007, 2008 e 2011).<br> <br> Novo percurso -Os atletas elogiaram a nova chegada da São Silvestre, na região do Ibirapuera, que facilitará o escoamento dos 25 mil corredores que participam da grande festa. A maioria vai percorrer o trecho final (descida da Avenida Brigadeiro Luís Antônio) pela primeira vez<br> <br> Damião Ancelmo quer fazer história e vencer pela primeira vez a São Silvestre. "O novo percurso servirá de experiência para todos, portanto as dificuldades serão iguais, principalmente nas subidas. Na reta final, que será na descida, prometo acelerar", projeta Damião Ancelmo.<br> <br> O campeão de 2010 espera o resultado desse ano para dizer se a prova ficou na prática mais rápida. "Preciso me adaptar bem rapidamente. Não há uma preparação diferenciada para a nova São Silvestre, já que os atletas são de alto nível. Todos vão conhecer aos poucos", afirma Marilson Gomes.<br> <br> Chegada dos atletas de elite - O pelotão africano já está em São Paulo e o grupo se dividirá para treinamentos nesta sexta-feira (30) , a partir das 9h30 no Parque do Ibirapuera. O processo de aclimatação, segundo o Mathew Kisorio é importante para uma prova de alto nível. "É a minha primeira vez em São Paulo e o clima é ideal para uma prova de alto nível. Estou ansioso para a largada", relata o queniano.<br> <br> Todos os atletas da elite do Brasil já estão na capital paulista para a corrida deste sábado.<br> <br> A elite masculina desta edição reunirá 104 corredores de 12 países (Brasil, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Uruguai, Etiópia, Marrocos, Quênia, Tanzânia e Portugal).<br> <br> <img alt="\" \""="" src="%5C" _cke_saved_src="%5C" media="" images="" elitef(1).jpg\""="" style="\" margin:"="" 10px;="" width:="" 300px;="" float:="" left;="" height:="" 167px\"="">A feminina terá 53 atletas de 10 países (Brasil, Bolívia, Paraguai, Peru, Uruguai, Etiópia, Marrocos, Quênia, Tanzânia e Itália).<br> <br> Entrega de kits termina nesta sexta-feira - Os participantes da 87ª Corrida Internacional de São Silvestre já podem retirar os kits de participação. O processo será feito até a sexta-feira, das 9 às 17h, nos dois ginásios de treinamento, próximo às piscinas do Complexo do Ibirapuera, na rua Manoel da Nóbrega, 1361. Os atletas poderão conhecer a Expo São Silvestre com produtos e serviços relacionados ao mundo da corrida.<br> <br> Cada corredor inscrito receberá no kit o numero de peito, chip de cronometragem descartável, manual eletrônico e brindes dos patrocinadores como camiseta em poliamida, squeeze, suplementos entre outros. Para receber o kit o atleta deverá apresentar RG original e o comprovante de pagamento. Não será aceito nenhum tipo de cópia de documentos.<br> <br> Durante a prova haverá nove postos de água, isotônico, grande estrutura de apoio médico e orientação. A estrutura do evento segue de nível internacional com áreas de dispersão espaçosas, de apoio às equipes e guarda-volume móvel. A largada do pelotão geral será às 17h30.<br> <br> Todos que completarem o percurso levarão receberão pós prova a medalha de participação e poderão baixar no site do evento, após a publicação do resultado oficial, o certificado eletrônico de conclusão, fotos e vídeos gratuitos da chegada.<br> <br> <strong>Resultados de 2010</strong><br> <br> Masculino:<br> 1º - Marílson Gomes dos Santos (BMF&BOVESPA) - 44min02S<br> 2º - Barnabas Kiplagat Kosgei (Quênia-Fila) - 44min50s<br> 3º - James Kwambai (QUE- Nike) - 45min16s<br> 4º - Giovani dos Santos (Pé de Vento/Grancursos) - 45min35s<br> 5º - Emmanuel Kipkemmei Bett (Quênia-Luasa) - 45min42s<br> <br> Feminino:<br> 1ª - Alice Timbilili (Quênia-Nike) - 50min19s<br> 2ª - Simone Alves da Silva (BMF&BOVESPA) - 50min25s<br> 3ª - Eunice Kirwa (Quênia-Fila) - 51min42s<br> 4ª- Cruz Nonata da Silva (BMF&BOVESPA) - 51min51s<br> 5ª - Diana Judith Andrade (Equador-) - 52min36s<br> <br> Cadeirantes<br> 1º - Fernando Aranha Rocha - 46min20s<br> 2º - Jaciel Antonio Paulino (Addfila Fast Wheels) - 46min24s<br> 3º - Carlos Neves de Souza (Addfila Fast Wheels) - 50min31s<br> <br> No site do evento os participantes podem conhecer a história da SS, desde sua primeira edição, seus campeões, diversos percursos, distâncias e locais em que a prova já foi realizada e outros assuntos referentes à organização técnica.<br> <br> A competição terá os seguintes horários de largada:<br> - 15 horas - Cadeirantes<br> - 15h10min - Atletas com deficiência<br> - 17h10min - Elite Feminina A e B<br> - 17h30min - Elite Masculina e demais corredores<br> <br> Esquema especial de trânsito - A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), em parceria com a Polícia Militar, Guarda Civil Metropolitana e organizações da São Silvestre e Reveillon, definiu o esquema de trânsito para a 87ª Corrida Internacional de São Silvestre.<br> <br> A prova contará com 6.500 profissionais para dar apoio total aos participantes e à população da cidade. São 3.500 no staff da prova e outros 3 mil profissionais da Polícia Militar, a Guarda Civil e a Corporação Metropolitana, além de agentes da CET e SP Trans.<br> <br> Os principais bloqueios de trânsito serão realizados em algumas vias a partir das 10h do dia 31 de dezembro e a operação será concluída às 6h da data seguinte. Todas as vias da São Silvestre serão fechadas às 14h.<br> <br> Na Avenida Paulista, no sentido Consolação, a CET irá bloquear a partir de 10h o trecho entre a Alameda Campinas e a Rua Frei Caneca. Já no sentido Paraíso, os carros ficarão proibidos de circular entre a Rua Padre João Manoel e a Alameda Campinas.<br> <br> A partir das 13h, o bloqueio será na Paulista no sentido Consolação entre as ruas Teixeira de Freitas e Consolação. Na direção do Paraíso, interdição entre a Rua da Consolação e a Avenida Brigadeiro Luís Antônio.<br> <br> Na região do Ibirapuera, atenção para a interdição total da Avenida Pedro Álvares Cabral, sentido Vila Mariana/Pinheiros, no trecho entre o Viaduto General Euclides Figueiredo e a Rua Abílio Soares, a partir das 10 horas. Na direção Pinheiros/Vila Mariana, o tráfego de veículos ficará totalmente liberado.<br> <br> Clique e confira o esquema completo da CET<br> <br> A 87ª São Silvestre é uma realização da Fundação Cásper Líbero e promoção da Gazeta Esportiva Net e TVGlobo. A prova tem patrocínio de Caixa, Fisk, Correios e Rexona, apoio do Hcor São Paulo, Montevérgine, Gatorade, Café 3 Corações, Probiótica, TAM Viagens, Green CO2-Neutralização de carbono, Rádio Globo e CBN e apoio especial do Governo do Estado de São Paulo e da Prefeitura de São Paulo. A supervisão será da CBAt, FPA, IAAF e AIMS. O Transamérica Hospitality Group - empresa do conglomerado do Grupo Alfa -, é a Rede oficial para receber os atletas do pelotão de elite que disputarão a 87ª São Silvestre.<br> <br> Mais informações no site www.saosilvestre.com.br<br> <br> Flávio Perez -  ZDL Comunicação<br> Fotos: Fausto Ferrarias<br></span>
Produção e Organização de Eventos Esportivos - Consulte-nos