Runnersp
Login:
Senha:
  |  

Conceição busca o tri e melhor tempo do ano no Circuito CAIXA

Conceição busca o tri e melhor tempo do ano no Circuito CAIXA.

Fundista disputa a etapa de Porto Alegre da competição, neste domingo (30/10), com boas chances de consolidar a liderança do ranking brasileiro

Perto de se consagrar como líder do ranking brasileiro de corredoras de rua, Conceição Oliveira vai encarar um desafio particular no Rio Grande do Sul, neste domingo (30/10). "Quase gaúcha", com duas vitórias na etapa de Porto Alegre do Circuito CAIXA, a fundista busca o tricampeonato e o seu melhor tempo de 2011, na prova que é considerada a mais veloz da competição. A prova terá largada às 9 horas, na Av. Edvaldo Pereira Paiva, no Parque Marinha do Brasil, e percursos de 5 km e 10 km.

"Eu já sou quase uma gaúcha, mesmo. Sempre corro bem no Sul, tanto nas provas do Circuito CAIXA como em maratonas e meias maratonas. Gosto do clima da região, que é parecido com o de São Paulo, onde treino. As pessoas vivem me perguntando se eu sou gaúcha e se espantam quando digo que sou do Piauí", se diverte Conceição, vencedora da etapa de Porto Alegre em 2008 e 2009.

Conceição tem boas lembranças das corridas do Circuito CAIXA na capital gaúcha. "A de 2008 foi um marco, porque eu estava muito bem naquele ano. Fiquei entre as primeiras nas seis provas da competição que disputei. O bom do percurso de Porto Alegre é que faz uma volta passando pelo ponto de largada. Assim, o público pode assistir um pedaço maior da prova, todo mundo aplaude muito", conta a fundista.

De bom humor, ela ainda brinca com as expectativas em torno da prova. "Em 2010, o que atrapalhou foi a gripe que peguei bem na véspera da corrida. Neste ano, a gripe veio mais cedo, na Maratona do Rio de Janeiro. Por isso, posso ir para Porto Alegre mais tranquila, para fazer o meu melhor." O percurso plano, aliado ao clima ameno, deram à etapa gaúcha do Circuito CAIXA o status de mais veloz das 11 etapas - o menor tempo da história, entre as brasileiras, é o da primeira edição, em 2007, feito por Ednalva Laureano da Silva, a Pretinha, que marcou 33min46.

Se ganhar a corrida de Porto Alegre do Circuito CAIXA, Conceição Oliveira ficará ainda mais perto de garantir a liderança do ranking brasileiro. Até o fim da temporada estão em jogo 180 pontos, em seis provas - o vencedor leva 30 pontos. Esta etapa gaúcha e a corrida de Brasília, dia 6 de novembro, que fecha o Circuito CAIXA, estão entre as provas que pontuam. Conceição abriu 118 pontos de vantagem para a segunda colocada - tem 352, contra 234 de Marluce Queiroz Borges.

Em busca do tri com o Circuito CAIXA

Conceição Oliveira conquistou a liderança do ranking brasileiro duas vezes. A primeira, em 2005, ano em que resolveu se dedicar com exclusividade ao atletismo, estreando como fundista de elite no Circuito CAIXA. "Vim para São Paulo em 1994, em busca de uma vida melhor, e comecei a correr em 1998, nas horas de folga. Dois anos depois, conheci a ultramaratonista Maria Auxiliadora Venâncio, que foi muito importante na minha carreira. Ela me dava dicas, me mostrava técnicas de corrida e sempre me aconselhava a largar o trabalho (era vendedora) para me dedicar ao esporte. Mas só fiz isso em 2005, quando disputei o Circuito CAIXA pela primeira vez", conta.

Com a primeira vitória, Conceição viu que poderia viver do atletismo e não parou mais. Uma das raras fundistas presentes em todas as edições do Circuito CAIXA, se manteve sempre entre as primeiras do ranking nacional. Ficou com o terceiro lugar em 2006, foi vice-campeã em 2007 e novamente a primeira em 2008. Em 2009, terminou na terceira posição, e no ano passado alcançou mais uma vez o vice-campeonato. E não pensa em parar tão cedo.

"De vez em quando encontro meus antigos patrões, que me apoiaram, me liberando para viajar e competir. Eles perguntam quando eu voltarei para o trabalho, mas eu não volto mais, não", diz Conceição, rindo. "Claro que a gente tem que pensar no futuro. Voltei a estudar, e quero cursar uma faculdade. Mas ainda tenho pelo menos mais dois anos pela frente. Quero correr muito, ainda. Talvez eu só diminua um pouco o ritmo no ano que vem, disputando menos provas. Vou conversar com o meu técnico (da equipe Find Yourself, pela qual treina)no final da temporada."

Mais importante competição de corridas de rua do Brasil, com chancela da CBAt, o Circuito CAIXA está em sua reta final. Nove das 11 etapas deste ano já foram disputadas - Goiânia (15/5), Belo Horizonte (29/5), Campo Grande (7/8), Fortaleza (14/8), Recife (28/8), Uberlândia (18/9), Curitiba (25/9), São Paulo (2/10) e Ribeirão Preto (16/10). Todas as provas da competição, que passa por nove Estados e termina em Brasília (6/11), somam pontos para o ranking brasileiro de provas de rua. Os dez primeiros colocados no ranking, nas categorias masculina e feminina, garantem o patrocínio da CAIXA em 2012.

O Circuito CAIXA é uma realização da HT Sports, com patrocínio da CAIXA Econômica Federal. A Centauro é a loja oficial do Circuito, que tem apoio da Marathon, isotônico oficial, da Polenghi, do jornal Sprint Final e da rádio Jovem Pan. Em Porto Alegre, conta ainda com o apoio da Federação de Atletismo do Rio Grande do Sul e da Prefeitura de Porto Alegre, além da supervisão técnica da CBAt.

Fonte: http://twitter.com/localcomunica

Produção e Organização de Eventos Esportivos - Consulte-nos